As representações da guerra medieval. As Tapeçarias de Pastrana como ponto de partida

Inês Meira Araújo

Resumo


Resumo: As representações da guerra continuam a ser consideradas como fontes históricas pouco credíveis para oestudo da História Militar, sendo utilizadas, em geral, meramente como forma deilustração uma ideia ou posição. A partir de um objeto de estudo específico, as Tapeçarias de Pastrana, pretendemos mostrar aquilo que é possível esclarecer, questionar ou concluir no campo da história militar medieval através da iconografia. Assim, foi efetuado um levantamento do armamento representado nestas tapeçarias, tendo em vista um entendimento mais completo do equipamento militar português do final da centúria de quatrocentos e, mais concretamente, das armas envergadas nas campanhas no Norte de África. As tapeçarias, estudadas em conjunto com as fontes narrativas e arqueológicas contemporâneas, trazem novas informações, sobretudo, no que diz respeito à tipologia de armas utilizadas, mas, também, à estratégia e tática de guerra nas conquistas das cidades de Arzila e Tânger. Abstrat: The representations of war continue to be considered as unreliable historical sources for the study of military history, being used, in general, merely to illustrate an idea or position. Basedon specific objet of study, the Pastrana Tapestries, we pretendto present what can be clarified, questioned or concluded in the field ofmilitary history through iconography. Thus, asurvey was carried out on the armaments represented in these tapestries, aimingat a more complete understanding of the Portuguese military equipmentat the end of the 15th century and, more specifically, of the weapons used in the North African campaigns. The tapestries, studied in conjunction with the archaeological and contemporary narrative sources, provide new information, especially with regard tothe types of weapons used,but also to the strategy and tactics of war on theconquest of the cities of Asilah andTangier.

Palavras-chave


História da Arte; Tapeçaria; Iconografia; Guerra; Marrocos

Texto Completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

ISSN 2183-0703. Revista do Instituto de História da Arte - Centro de Investigação. Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa